quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Corset Ou Corselet?

Yay, Hallo para vocês! O Post de hoje, de utilidade Pública, é para todas as meninas que ainda não sabem o que é o quê, que são enganadas pelas lojinhas que vendem "corset a pronta entrega" e afins. Também as duvidosas/reclamosas que chegaram até mim. Afinal, quem é o que?


Pois bem, eu sei que muitos já viram zanzando por aí essa “moda” né? Corset pra cá, Corselet pra cá... Mas no final eu percebi que MUITA gente não sabe direito o que é o quê e o pior, muita gente confunde muito as duas peças, não entende muito da fabricação e no final do dia acha que é tudo uma blusinha com painéis e barbatanas... Pois senta que lá vem post grande!!!

Primeiro vamos esclarecer rapidamente o foco.
O Corset vem do Francês, algo como “Corpinho” mesmo. Há muitos anos, mesmo, surgia a estética de cintura fina, como sinal de status e elegância, com estrutura rígida, firme e sufocante, os corsets eram usados como peças íntimas pela nobreza, justamente para transpor um visual ereto que transmitia muito mais poder. Só mais tarde é que a peça foi introduzida como parte superior/normal.
Como a imagem que o Corset proporcionava era invejável, a plebe logo inventou uma maneira de forjar uma versão (cospobre) da peça (não me contive). Utilizando tecidos mais grosseiros e uma estrutura muito mais simplória, até porque a Plebe trabalhava, trabalho braçal e uma peça tão compressora tornaria esse trabalho impossível né?

O Corset é basicamente definido pela qualidade dos materiais e da capacidade/conhecimento de quem o fabrica, lembrando também que o Corset é uma peça para deixar de herança. Já o Corselet pronto é uma peça simples, bem mais barata e com materiais de uma qualidade inferior, possuindo uma vida útil baixíssima.

Só que hoje em dia, o termo caiu na boca do povo e como sempre perdeu-se o seu real significado. Vamos nos atentar a alguns fatores importantes:

O Corselet é GERALMENTE
. DE FABRICAÇÃO CHINESA OU INDIANA
  - Em Larga escala, trazendo uma modelagem paupérrima + tecido de má qualidade os acessórios da peça - ilhós, amarrações, spikes, zíper, busks, rebites e afins -  podem se soltar facilmente, quiçá no primeiro uso. Pelo já conhecido meio de produção em massa, que ainda abre espaço para trabalho escravo, tráfico humano e condições de trabalho paupérrimo. extremista!


Só porque o anúncio diz: "With Steel Bones" (Com barbatanas de aço/metal) não quer dizer que ele irá modelar belamente como um Corset, sob medida, feito por QUEM sabe fazer mesmo um corset.

. Corselets geralmente não são originais.
  - A maior parte dos modelos que circulam por aí são "réplicas" de corsets de marcas gringas, ou seja, eles tentam reproduzir um modelo já existente, o que traz para a peça mais essa negatividade de falta de criatividade, a única coisa que realmente vem com o corselet é a só a peça em si. muito triste isso. artisticamente falando... Marcas como Dracula Corsets, Mystic City Corsets, Madame Sher... Porque é uma parte chata, os modelos de corsets, como eduardino, waist cincher e coisas do tipo não foram inventados agora, já existem há um tempo bom, mas características específicas, como certas estampas com certas combinações, desenhos típicos do traço de cada corsetmaker mesmo, é isso que é o plágio baixo, aliado a divulgação das fotos dos corsets originais também né. Portanto, é um ponto para se refletir bem, afinal de contas você é o que você compra!

. São desconfortáveis
  Por terem barbatanas de procedência duvidosa, tornam a peça um tanto rígida
  - o mínimo possível, mas torna - o que infelizmente pode gerar MUITO desconforto na hora do uso. Porque diferentemente do Corset Sob Medida, as barbatanas são de má qualidade, sedendo com o tempo - o meu corset sob medida tem umas 20 barbatanas; diferentes porque cada região requer um tipo diferente de barbatana, já o corselet que eu comprei uma vez tinha umas 8 barbatanas, o que proporcionou o visual de tubo de pvc... E veja bem, se você tem problemas de coluna, tronco mais curto ou mais longo, gordurinhas extras, muito peito... o corselet pode oferecer pressão em locais indevidos, provocando MUITA dor em pouquíssimas horas de uso - já senti isso e minha irmã também...

. P, M, G
  O ponto que vale uma ressalva. As mais aventureiras já devem ter reparado que muitas marcas gringas de Corset NÃO vendem corsets sob medida, não exclusivamente.  Elas proporcionam a cliente a escolha uma tabela de tamanhos lá para que essa  escolha a sua peça; Mas posso adiantar que não são 3 tamanhos apenas... São pelo menos uns 13, 16 tamanhos diferentes.
 E são P, M, G curtos. São terríveis para quem tem tronco maior ou gordinhas. Quando a variação é de uns 8 tamanhos, quem sabe? Mas sinceramente, o máximo que  vi foi XS, S, M, L, XL, daí nos comentários feitos pelos clientes notei que o XS( extra pequeno/PP) e o XL(extra grande EXG) não são diferentes do S e do L respectivamente. Cadê a credibilidade?

. E nas fotos.
  Só na Sa-ca-na-gem! 
  Analise as fotos dos corselets... ANALISE BEM... Porque você pode estar sendo ou já ter sido enganado....
 CORSELETS EXPECTATIVA
1. Não sei de qual marca que é, se alguém souber me avise por favor. 2. É da Mystic City Corsets Loja no Ebay. 3. É o Longline Edwardian in Lavender with black Italian lace da Morgana Femme Couture. 4. É o Lattice ribbon corset da Alice Corsets.
CORSELETS REALIDADE
O que dizer sobre essas obras de arte? Pois bem, algumas lojas mostram as fotos de como realmente são as peças que vendem, mas não colocam "réplica" nem nada do tipo, e é isso que me deixa um tanto incomodada. - Notem como as falsificações em couro/latex são as que ficam menos "grotescas". - Os modelos da Dracula Corsets são os campeões das versões em corselet.


Perceberam que nenhuma das modelos acima estão de fato usando as peças? Que ou para demonstrar outras cores das peças ou para aparentar mais acinturado há uma edição gritante aí? Manipulação do material de divulgação... É, isso é sério, mas chega a ser comicamente frequente no tio Aliexpress e lojas do gênero...
Notem nas imagens de cima, da direita, há tanta edição que a modelo virou vetor e o corset também... E na ao lado... Cuidado meninas, muitas vezes eu vejo gente falando "nossa, o que chegou era totalmente diferente do da foto de divulgação!", mas é claro né... Esperamos que venha bem diferente, porque essas versões são de brincar de montar dolls né gente.. Vamos ficar espertinhas!

Observem agora outras fotos que falam por si próprias, caso ainda restem dúvidas! - Elas não são minhas, mas estão linkadas com suas origens.
Está em inglês, mas é basicamente um corselet vs. um corset!
Mais uma, só para fechar mesmo!
Mas se mesmo depois disso tudo você continua querendo um corselet por causa da grana... Ou porque você quer muito um corselet pra CHAMAR de seu... Vai umas dicas...
. Compre um número que seja pelo menos 10/12cm menor que a circunferência da sua cintura.
. Couro, vinil, latex acabam sendo os tecidos que menos cedem, portanto, comprando num tamanho ok vai dar um visual melhor.
. NÃO COMPRE CORSELET UNDERBUST - Os que não cobrem os peitos... Pode ser um desperdício de money...
. De preferência aos Overbusts com alças e que sejam mais longos.
. Talvez zíper ou colchetes seja melhor do que um fechamento via busks, porque qualquer problema você pode mandar para a costureira e zaz, busks são MUITO complicado de mexer...


Modelos com decote reto podem ser usados como Midbust (meio busto, não o cobre por inteiro) aí fica facilmente adaptado para usar por cima de blusas, vestidos e alguns até ficam bem usados sem nada.

Os modelos que possuem alças, tipo frente única ou não, vão oferecer maior sustentação e talvez um desgaste menor da peça. Algumas são blusinhas inspiradas em Corsets, então nem chegam a ter barbatanas.

Selecionei alguns modelos de blusinhas tipo corset do Tio Ali que aparentam vestir melhor. As palavras chaves para a pesquisa foram - Corset Top + Bustier Top + Gothic corset + Leather Corset + Long Line Corset. As que mais apresentaram resultados relevantes.

créditos: Iris do Tight Lacing BlogMadame Sher, U Fashion, aliexpress e google.

Então fica a re-dica de lojas que fabricam corselets sob medida que eu já postei, Onde Comprar Corselets sob medida no Brasi
Beijos cremosos. Agradeço a compreensão de quem tem corselets e ama, não quero atingir ninguém, quero apenas ser mais um veículo de informação sobre o tema, é absurdo o número de desavisadas que eu conheci por agora. Enfim. O que vocês preferem? Acham o corset uma peça para a vida ou só para usar algumas vezes? Se joga no corselet? 

by_dinha_puffy.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Melhores Álbuns "Novos" das Novas e Velhas Gerações para mim

YAY, com post de música sim porque eu sou muuuito conectada com ela e não parece certo na minha vida manter um espaço tão pessoal quanto o Puffy Plaft Zoom e não abordar a música por vezes!

Bem... Vamos dizer que um dos meus preconceitos é com coisa nova, eu tenho uma certa fobia, nojinho, receio ou do que você preferir chamar quando o assunto é “saiu setembro agora”, filmes, músicas, bandas, livros, artistas novos; Mas claro que não é algo de gente que fala sem conhecer, não, é que realmente tive tantas más experiências que não fazia mais sentido ficar ouvindo e vendo coisa nova que geralmente não me encantavam, por isso acabo deixando pra depois coisa nova. #Shameonme. Mas todos temos os nossos defeitos certo? Pois então, na tentativa de corrigir ou maquiar um pouco isso vim trazer meus "divisores de águas".

Por motivos diversos algumas bandas/cds de agora, de 2000 pra cá, estão me conquistando... Andei dando o braço a torcer e acabei gostando bastante e vim dividir com vocês. Álbuns impecáveis para mim. aproveitar e fazer uma divulgação de novas propostas de bandas e estilos incomuns que eu curto muito.

Strike! – The Baseballs (2009)
Não dá pra só citar esses meninos, preciso ressaltar o trabalho impressionante deles, são um trio alemão lindo, que pegam músicas populares e famosinhas, hits mesmo sabe? E transformam em músicas do Rockabilly, com estilo, e personalidade que faz você esquecer que você está dançando uma música da Rihanna ou da Ke$ha. Aprende a letra e seu amigo vai ficar tipo “Dude, você ta cantando Katy Perry, o que você tem?”. Ai bobão, escuta aí que você vai se apaixonar. Daí que eles continuaram com essas metamorfoses musicais, o que me agrada bastante, é como pensar em uma reciclagem para a música, um tapa na cara de quem idolatra veemente uma música única exclusivamente por ser composta por fulano e estar em um gênero assado, eles mostram que uma nova interpretação de um repertório que já causou dor de cabeça - porque o mau da música pop é a repetição do hit - pode formigar no seus pés e fazê-los dançar, ou pelo menos desejar se remexer muito! 

Confesso que foi porque fui com a cara delas em um post do Beaty and Brains. Geralmente não gosto de bandas só de mulheres atuais, acho que por ser mulher acabo sendo mais exigente com elas. Daí que quando uma banda feminina é muito – intencionalmente – sexysta, toca mal, não tem originalidade ou não tem brilho próprio eu desisto, e fiquei assim por um bom tempo. Até que com o post da Dani fiquei curiosa e comecei a ouvir as moças. Foi muito amor quando ouvi “My Heart is Black”. As moças tem muito a oferecer, com uma pegada muito agradável aos ouvidos, as letras são coisa de mulher, e eu gostei muito disso, sem aquele romantismo bobinho. Ouvi o novo de 2012, mas não é tão bom quanto esse. Fica a dica!

E ainda conhecendo há um bom tempo estas ainda me impressionaram com álbuns tão bons :3

Não é um amor novo pra mim, mas o cd “novo” deles – pra mim 2011 foi ontem – foi surpreendente, daqueles que você escuta e fala “Cacilda, que som mais cremoso, quero comer todas as músicas” – ta que ninguém fala isso, mas eu falo ué – Tá que o som é meio menos os primórdios do WT, mas a questão é que foi um amadurecimento da banda e que ficou incrível, a melodia das canções são impecáveis, algumas até são facilmente dançantes, outras fazem um ótimo trabalho no violão. Enfim, Indico para todos esse álbum.

O Ozzy tem o meu eterno amor. Gosto muito da voz e do feeling Ozzy que ele dá pra qualquer ambiente em que entra! Não foi diferente quando ele resolveu fazer um CD por agora, a gente poderia pensar – o dinheiro acabou, daí ele deu de gravar um cd novo né? – pois, ainda bem que ele gravou, porque só deixou claro que ele não perdeu o jeito, as faixas são incríveis, melodias pesadas e muito fortes, gostei muito mesmo, de não saber qual foi a minha favorita. Um grande salve ao Ozzy.

E por fim o melhor de todos na minha opinião, sei que o Slash já gravou outro o Apocalypt in Love depois desse, mas não teve o mesmo choque, foi o primeiro álbum dele sozinho mesmo, com composições compartilhadas com diversos amigos e artistas talentosíssimos, o álbum ficou impecável, acho que foi a partícula ativadora do meu amorzinho pelo Slash, a sua interação com a guitarra é sublime, a melodia em "Crucify the Dead" com o Ozzy e em "Gotten" com o Adam Levine, vem junto com um ombro forte e reconfortante, do outro lado algumas canções dão um up legal desde o primeiro acorde. É o que eu digo, como uma passagem, se como primeiro álbum o artista impactou é porque há algo de muito especial em sua alma, porque é só na primeira que você realmente mostra quem você é, porque você precisa se expôr um pouco para que os demais possam entender e descobrir você. Melhor primeiro cd pra mim :3

Ficam chateados por não ter foto? Desculpa... Mas na tentativa de deixar vocês mais entrosados e por dentro tentei colocar os áudios do youtube dos cds linkados nos títulos de cada Álbum. Ouçam os que mais lhe agradarem, digamos que esse foi mais um para a prateleira de cds que eu com certeza comprarei se tiver a chance!

Beijos cremosos.

by_dinha_puffy.

TESTEI: Delineador Líquido da Vult

Hallo!!! A Saga da necessaire Cruelty Free continua, experimentando delineadores negros Rá, para uma aspirante a Pin Up eterna o delineado é indispensável e atrelado ao fato de que o meu queridinho venceu e graças a política BRILHANTE de O Boticário de lançar os produtos - TODOS ELES - em edição especial - Parabéns, isso é muito útil - a gente acaba com o produto, ama e mata por ele e no final do dia, quando você passa em frente a loja de O Boticário para ver quanto que subiu o seu delineador e a vendedora diz "ele não vai mais vir, foi descontinuado", você fica com aquela cara de origami, sai da loja e se joga nas marcas Shirleys da Pharmácia e zaz...

Enfim, nisso, me joguei no Delineador líquido, que há muito já não usava, havia me acostumado ao em gel e a facilidade de aplicação e ótima duração, mas dada as circunstâncias... Vamos experimentar né?

O Delineador líquido da Vult vem em uma embalagem prática e ótima para levar para os lugares, ponto positivo para as viajantes e as que preferem manter seus itens favoritos em necessaires. O aplicador é mais fino que o de costume para delineadores líquidos, o ajuda em linhas mais finas e precisas.
E o que dizer dessa embalagem que mal usei e toda a ID já desapareceu? Calor? Mas moramos em um país Tropicaaal. Sempre que acontece isso com meus produtos fico suspeitando de produto falsificado u.u

Embora diga que a cor é preta, eu notei que ele é na verdade um chumbo fosco bem escuro. Só se nota depois que ele seca, parece que ele exala um pouco do pigmento, observando de perto você vê que a cor fica mais suave, mas nada alarmante.

Como comprei o meu esse mês, usei algumas cinco vezes, mas não sei quanto a quantidade, porque parece que não vem muita coisa e dependendo do seu desejo você acabar usando algumas camadas extras né. Mas posso dizer quanto a fixação. É meio engraçado, você passa e ele vai secando e se tornando fosco :3 e seca rapidinho o que não atrapalha nas correções rápidas, achei sensacional, errei, zoom, já consertei; bom para as pálpebras gordinhas, oleosas e para as espalhafatosas do delineador, cuidado com traços muito grossos porque lógico que vai carimbar se você não esperar ele secar né; só que ele não é muito guerreiro. Para quem sua muito, para quem é serelepe da coceirinha no olho e chuva e afins, talvez não seja muito bacana.



Depois que ele seca, se você trisca sem querer no delineado ele borra, foscamente, uma coisinha seca, me deixando um pouco menos apaixonada por ele.

Bom para quem não tem prática é legal para carregar para todo lado, fácil de corrigir errinhos, é nacional e cruelty free.

Fica a dica: compra e deixa ele aberto um pouco, quando for usar deixe-o aberto, ele vai ficando mais encorpado e mais fácil de usar; esqueça que está de delineado, talvez uma ajeitada descuidada no cabelo pode manchar a sua mão e dar uma borradinha na Make. 

Nota Final? Três corações e meio, porque ele não bateu o meu falecido queridinho Delineador em Gel de O Boticário, da Make B., ele não é tão resistente, e tem uma textura difícil de acostumar, para quem já estava de boa com textura em gel. Mas estou usando e não me deu alergia, nem ardeu.

Pagay R$19,90, achei o preço bom, porque eu uso muito o delineador, mas você pode encontrar por mais ou por menos também!

Eaí, a resenha ficou boa? Indicações de delineadores em gel que não sequem em alguns meses? E a pergunta que não quer calar, o delineador em gel da QDB? é praticamente o Delineador em Gel da Make B.? Blogueiras que tem todos os produtos, porque não fazem comparações dos dois? Aiai...
Beijos cremosos meus amores. Tempo anda corrido, andei muuuito pra baixo esses dias e vou fazer umas provas esse final de ano, dando uma revisada nas matérias, por isso, perdoem-me o sumiço aleatório!

Bitte Sehr!


by_dinha_puffy.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

"Comprei não gostei, ataco quem puder!" Ser alguém melhor só depende de você mesmo

Pois então, primeiro quero dizer que reconheço o poder e importância das blogueiras e suas resenhas de produtos, acho que deu um ritmo muito interessante ao meio dos cosméticos e afins. Portanto devo muitas descobertas a blogueiras, mas também devo muito dinheiro “jogado fora” por conta delas também.

Isso é inteiramente culpa delas? Será? Vejo muita gente reclamando da integridade de certas blogueiras, que chega a ser irritante até, o que me fez pensar que talvez o sensacionalismo e a falta de reflexão traz conclusões precipitadas.

Vejamos, o Brasil é enorme territorialmente, a maior parte da população se concentra no litoral/SP né? Haha. Mas isso não exclui de forma nenhuma a população do resto do país ta? Daí que eu consegui entender, talvez o melhor batom no sul seja um fiasco no nordeste, os melhores hidratantes corporais podem fazer milagres no Centro Oeste e uma verdadeira lambança no Norte... Outro ponto mais forte ainda é, meu cabelo é naturalmente levemente cacheado, castanho bem escuro e seco/misto, gosto dele estilo Hermione e gosto de fazer penteados e experimentos de vintage hair por vezes, quanto a minha pele, gosto muito de cuidar dela, uso pouquíssima maquiagem, mas gosto de me maquiar etc, etc.

Aposto que seu perfil deve ser bem diferente, pode ser o total oposto, você pode nem ter cabelo, ou mesmo detestar cuidar da pele e se jogar nos produtos de maquiagem que promovem hidratação e tratamentos disso e daquilo enquanto te deixam radiante. Acontece. Somos todos diferentes...
E o ponto mais importante. Blogueiras não são a voz da razão e da pura verdade. Elas merecem ser apedrejadas por uma resenha de um produto, em Belo Horizonte por exemplo, e tenha dito que resolveu muito para ela e que indica. Daí você encomenda o produto, pela internet, chega na sua casa, você usa e por inúmeros fatores o produto não lhe agradou em absolutamente NADA, é racional sentar a bunda na cadeira e Indiretamente tentar atingir a tal blogueira? Ou mesmo fazer a vítima que foi forçada a gastar o seu dinheiro em determinado produto?

Ah, fala sério.

Eu mesmo, comprei dois produtos que foram praticamente santificados já pelas blogueiras famosas, não famosas e blogueiras aleatórias também... Testei diversas vezes na loja para ter a certeza absoluta, pesquisei os preços e no fim acabei levando eles para a casa. Resultado? 3 estrelas no máximo para cada um! De verdade, e olha que eu testei na minha própria pele hein! Não foi um “”investimento”” (não, maquiagem para mim não é investimento rsrs) a cegas que geralmente fazemos pela internet, foi em loja física mesmo...

Desapontada? Um pouco, revoltadíssima com a vida #killmenow? Jamais, por favor, mantenhamos a compostura bitte, bitte!

Vou esperar mais algumas semanas, deixar os produtinhos pegarem mais sopro da vida, descansar um pouco e enfim chegar as conclusões finais.
No fim, adoraria de indicações de um delineador em gel preto que não transfira e nem precise de “um jeitinho” com óleos ou o que for, não me sinto confortável quando compro um produto industrializado que precise de “ajeito” infinitos para funcionar sabe? Antes fizesse um natural então, receita caseira, mas ainda não fui feliz nas minhas experiências u.u

Então peço a você, querido leitor, que semeie o amor, paciência e tolerância por onde quer que esteja, já estamos saturados do mal que assola a humanidade, não precisamos de mais fontes de energias tão negativas e terminantemente destrutivas tudo bem? Espero a colaboração de você!

Não quis deixar você sem notícias minha, por isso o Hello, para avisar que sou demorada com análise de produtos e que sempre paro para refletir em pontos como esse :3
Beijos cremosos.


by_dinha_puffy.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Ela Não é do Rock, Mas Bem que Poderia ser... #01

Pois bem, é uma proposta que surgiu faz tempo, só que apenas essa semana eu consegui aprimorar. Vamos as explicações.

Geralmente quem “ouve uns rock” tem a galera do rock, a galera que senta junto para ouvir os bons sons, para ir nos shows de rock, barzinhos de rock, fazer maquiagem do KISS e combinar os coturnos né? Eu “ouço uns rock” e não tenho essa galera. Sou de uma cidade pequenuxa, Janubosta para os mais íntimos, que não tem esse feeling roquista; até a 7º série nunca encontrei ninguém que ouvisse músicas boas, quiçá rock n’ roll, depois da 8º comecei a encontrar, pelo menos um né. E ainda bem que dessa fase guardo um amigo que guardarei para sempre; mas prosseguindo.

Daí que depois dessa fase, já no ensino médio, comecei a sair, mas não tinha esse lugar que tocava rock, nem dezenas de pessoas que escutassem rock. Estranho né? Pois é. 

Então eu saia com meus amigos, que não necessariamente ouviam rock! Dos mais variados gostos e divas, e confesso que até hoje é assim. Comecei então a parar de estar sempre a procura de "gostos musicais equivalentes", dava preferência a compatibilidade de ideias, interesses e todo o resto né? Então convivi muito com a galera do pop, Beyoncé pra cá, Christina pra lá, Gaga e enfim. Aprendi a respeitá-las, como artistas que fazem arte de acordo com os seus desejos. Comecei a buscar a história delas, e aprender sobre a forma como elas se expressavam, já que usavam ritmos e abordagens diferentes das do rock n' roll.

Então, por que escolher seu amigo pelo gosto musical? Sei que é supimpa quando surgem situações do tipo: “Você gosta do The 69 Eyes? –Sim. Pq?/ Eu Tambéeem!!!/- Ownt, vamos nos casar!” Mas por esses fatores acima, não consigo me basear PRIMEIRAMENTE no gosto musical de alguém para julgar se é digno ou não de andar comigo...

Portanto, eis a reflexão maior. A música desperta sentimentos, sensações inconscientes, revela superfícies da alma que você julgava não conhecer, acalanta, energiza, conversa com você, faz você dar altas risadas, faz você inventar suas coreografias – seja na guitarra, seja no palco, seja no balanço, seja no banheiro ou seja você – faz você querer pular, gritar, chorar, traz lembranças e principalmente, pode marcar momentos especiais e fazer lembrar de pessoas para sempre. Isso tudo porque a música não é só a melodia, nem o vocal, nem a quantidade de sintetizadores ou a de auto-tune, é o que ela faz com cada um, isso sim é Música. 

Como somos TODOS diferentes ela se manifesta de formas distintas em cada um, por isso você é tão empolgado com tal banda ou tal estilo e tem gente que gosta de funk, bem como existem os seguidores de “1direção” e os seguidores da “Dama de Ferro” Entendeu? E sabe qual é a única coisa que todos eles merecem e esperam igualmente de você?


RESPEITO.

Coisa pouca né? Mas tão difícil de encontrar por aí...


Foi assim que eu fui descobrindo nesse cenário pop, artistas menos pop, que me agradavam e que me tocavam de uma maneira gostosa. Daí a ideia de compartilhá-las com vocês :3
Por isso achei muito válido o pensamento que tive, por que não mostrar divas de outros estilos musicais que tem um lado roquista ou uma ideia bacana? Já que a gente sempre ressalta as nossas consagradas divas do Metal, Gothic, Rock e afins. E ainda vou fazer uma Senhora homenagem aos meus amigos que me ensinaram involuntariamente a compreender essas artistas e respeitá-las antes de tudo.
Serão 5 Moças que vão estrelar a TAG:

Ela Não é do Rock, Mas Bem que poderia Ser...
 Kerli Kõiv
Sobre ela, em pequenas palavras por mim:
Estoniana + Muito alternativa para o POP + Amiga das coloridas estonianas +  Não quer só mídia + Sua religião é o Amor. + Lolita + Pastel Gothic + Cyber + Brilha no Escuro + Queen of D.I.Y. + Fez Música pra Tim Burton + Gosta da Björk.

E um tanto sobre suas influências e o que me fez admirá-la imensamente:
Kerli afirma que seu interesse em exprimir sentimentos ocorre por ter crescido em um ambiente onde não pudesse demonstrá-los (No período de sua infância a Estônia estava sob domínio Soviético):
 "(...) Mostrar as minhas emoções não pertence à mentalidade europeia. Mostrar suas emoções é um tabu. Quando eu era criança e queria chorar porque estava feliz ou triste, mas não me era permitido. (...)"

Embora não faça parte de alguma organização religiosa, Kerli crê que "o amor é muito importante". A artista acredita em diversos seres como anjos da guarda e fadas, tendo a influência da natureza na sua vida e consequentemente na sua música.

Apoia a comunidade LGBT. :3


Quer mais?

O que Kerli diz sobre a sua música:
 "(...) se eu tenho o poder de deixar alguém alegre, por que eu a deixaria triste? Eu quero inspirar as pessoas com a minha história e fazê-las perceber que, embora se sintam mal, elas sempre podem dar a volta por cima."

Impossível não se encatar por uma pessoa assim, me identifiquei super por ela, vem conhecê-la VISUALMENTE, para se inspirar horrores!
Com os seus SUPER Creepers, ela sempre os customiza e é a sua marca registrada!

Os saltos são igualmente belos, ela muitas vezes enfeita com laços, bonequinhos, doces e tudo mais o que você imaginar.
"Ah, mas é só pra photoshoots conceituais que essas moças usam essas roupas" Desculpa estragar as suas noções preconceituosas, mas a Kerli customiza grande parte das peças, MUITA COISA mesmo, e ela tem paixão por cada mínimo detalhe que ela veste, não é uma artista Feita Sob Medida sabe? Ela é uma jovem artista e merece muito respeito! 

E o visual geral?
Como ela mesmo diz, ela gosta de se expressar como sempre desejou, já que na infância nao podia. E mescla tudo que 

Parece brincadeira né? Ela é aquele tipo de pessoa que você sonha em ser, poder usar coisas estranhas todas juntas, mas ela faz isso e não se envergonha, ela tem muito orgulho e isso é muito inspirador :3
E na maquiagem?

Makes incríveis! E é ela quem geralmente faz sua maquiagem, ela adora e super indica a Sugarpill!

Ela me faz querer usar todas as cores na maquiagem, mas principalmente rosa e azul. 

Então, porque eu acho que ela Poderia ser do Rock? Porque ela fugiu da sua zona de conforto, ousou ir para frente, mesmo crescendo em um lugar que bloqueou por tanto tempo. Ela se soltou das amarras da família, lutou mesmo pelo que ela queria. E mesmo depois da fama conquistada não abandonou seus ideais, ainda procura sempre participar da construção de toda e cada canção bem como os clipes. Ela é muito espiritual, um ser humano para se ter como amigo sabe? Se você procurar pela internet vai encontrar diversos meios de se conectar com a moça, independente de ser fã ou não dela. Eu aprendi muita coisa com ela e a agradeço imensamente por tudo!
E, eu preciso fazer chifrinhos de unicórnio... Afinal sou praticamente uma Moonchild!

Integrity • Love • Unity •

E aí, gostaram da proposta? Chutam quem pode ser a próxima? Conheciam a Kerli? Confiram os vídeos e sempre que estiverem sem ideias para customizações procurem por vídeos de "Kerli Koiv D.I.Y" vocês vão ver o quão fofinha ela é!
AH, e para quem viu ou para quem não o viu, no Clipe de Walkin on Air reparei que ela usava um Corpete divino, mas que já tinha visto em outro lugar. Olhem:
Corset da Josette Blanchard Corsets

Corset/Corpete/Corselet usado pela Kerli no Clipe de Walkin on Air
Bem parecidos né?
Enfim, post gigante, mas feito com muito carinho e amor para vocês. Beijos enormes!!!


by_dinha_puffy.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Desejos de Consumo de Agosto

Como uma iluminação lendo o post do Mädchen Rosenrot, me lembrei de que muito do que eu acabo criando, repensando e analisando do meu guarda roupa, vem do que eu desejo; pode ser que eu esteja desejando arduamente aqueela bota, mas daí eu tenho a oportunidade de experimentar essa bota, do modelo que eu quero, e de repente, eu já não a quero mais, notei que não gostei de como me vi no espelho, entendi quais modelos de bota ficariam bons em mim e por aí vai....

Resumindo, fazer wishlists me fazem repensar, então vou manter o hábito de sempre postar as minhas aqui. então não é que eu quero e preciso arduamente ter tudo da wishlist, mas que eu vejo nelas uma janela para analisar o meu próprio consumo e as minhas reais necessidades.
Espero que compreendam e aproveitem:


01. Botinha Victoriana da Magdesian - Primeiro que eu revi o filme The Craft (Jovens Bruxas) e reparei em algo que tinha ignorado antes. Os sapatos da Nancy e eu vi o bendito. É basicamente um modelo de bota Victoriana, com esse saltinho tímido e a estética peculiar. O problema é que não encontrei marcas nacionais com NADA similar, encontrei algumas versões interessantes, mas continuo a busca. Porém nada vai me tirar essa vontade de uma botinha de Bruxa!!! - Essa eu encontrei no Ebay, mas já foi vendida =T

02. Cinto de Pentagramas da Lotus Alternative Store - Vocês já repararam na Mine da Loja Sweet Sam com seus looks enriquecidos com esse estilo de cinto? Tipo Cigano/Moedas/Cinturão, acho divino o efeito que dá em um vestido básico, quanto num look completamente Black, achei bem interessante a proposta dos pentagramas e o preço muito bom também. Adorei ter encontrado essa versão criativa, uma releitura brilhante, clap.clap para a Lotus Alternative Store.

03.Corset De Cetim Roxo da Black Cherry Corsets - Bem, para quem não sabe, eu sou amante de Corsets desde 2008, primeira vez que vi a Dita em algum site. Daí eu fiquei vidrada na estética desde então. Um dos 3 ou 5 ítens necessários para mim são Corsets, por isso, vou ficar mais inteligente e comprar todos os meus favoritos. Um deles é esse modelo de morrer em Cetim roxo. Não sei se no fim ficarei com um Waist Cincher - que é um modelo mais curto, o mais parecido com cintos largos - porque talvez para o meu porte não seja tão confortável. Mas vou pesquisar mais, ver tudo e quando comprar mostro no blog :)

04. Legging da Dark Fashion - Desde que eu a vi pela primeira vez a desejo. Porque não curto as leggings com amarrações, já tenho coxa de panicat, amarrações me deixariam desconfortavelmente com coxas de tiranossauro Rex né. Daí esse modelo é sensacional. Só fico na dúvida quanto a altura da calça, essa amarração pode ficar esquisita estando tão alto assim e ainda passar despercebida. Vou ver se dá pra pedir para diminuir a altura ou algo assim né.

05. Bolero de Oncinha da Josette Blanchard Corsets - Outra peça que desejo a muito tempo, esse bolero. Diga-me se o modelo não é simplesmente sensacional? E a escolha da estampa também! Sem contar que tenho um corset da Josette Blanchard e adorei tudo, ansiosa para usar com tudo esse bolero. Espero que me jogue logo nele u.u

Depois dessa lista não irei colocar necessariamente itens de lojas X ou Y, ou de marca Z ou W, porque reparei que tenho muitas vontades que independem da marca; as vezes é mais a ideia principal do produto ou a textura ou o mero efeito visual chocante de um detalhe que poderia vir em outras peças por exemplo. Mas tentarei sempre deixar a indicação da marca, do estilista ou da loja que podem ser encontradas os itens - poderei citar lojas gringas a partir de agora :3

Espero que tenham gostado. Beijos cremosos.


by_dinha_puffy.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

TESTEI: Haskell Linha de Mandioca - Auxílio no Crescimento

Hallo vocês :3

Voltei com post sobre cabelo, porque Já estava programando esse post faz tempo, as fotos do cabelo é que me atrasaram um bocado!!! Mas vamos lá.
Como eu já bem havia citado nesse post AQUI eu realmente estou querendo me soltar este ano e tentar o cabelão! Confesso que é bem mais difícil do que pensei, para quem está há quase 6 anos com cabelo médio/curto dá muita preguiça de esperar as madeixas se desenvolverem.

Outro fator importante são os cachos, meu cabelo só mantém a beleza quando repicado, repicado esse que requer manutenção constante, quase 1 vez a cada 2 meses, desisti de cabeleireiro já, aparentemente mulher tem de ter cabelo liso porque nenhum cabeleireiro que eu pegay soube cuidar dos meus cachos – Daí catei uns tutoriais e testei, cagay algumas vezes no corte, mas daí peguei o jeito. E mesmo a passos curtos, estou vendo o meu cabelinho crescer e acostumando a ele.

Vou mostrar para vocês a minha duplinha favorita para essa saga. Sem babação de ovo, VEGAN, cruelty free, sem argan e sem pacto:

Linha de Mandioca da Haskell - Auxílio no Crescimento - Cabelos Opacos 

Evolução em um espaço curtíssimo de tempo:

Observem o crescimento bacana em um espaço de tempo bem curto! E olha que meu cabelo não cresce muito bem não.

O Shampoo - o que diz a marca: 
Rico em minerais e vitaminas do complexo B, o extrato de mandiocaatua nos cabelos oferecendo brilho e maciez. O uso contínuo do Shampoo de Mandioca Haskell promove e mantém uma hidratação prolongada e intensa, restaurando os cabelos agredidos.
Minha Opinião: O Cheiro é agradável, a consistência é bem grudentinha, meio concentrada, você usa um pouquinho só e já tá bom, sinto que o shampoo não limpa tão bem as madeixas, portanto sempre uso com o anti resíduos intercalado com outros shampoos da Haskell. Mas digo que o shampoo dá uma domada nos fios, deixa o cabelo menos solto, por isso já não largo dele mais. 

O Condicionador - o que diz a marca
O Extrato da folha de mandioca, rico em nutrientes, associado ao silicone e pró-vitamina B5, atua nos cabelos protegendo e favorecendo a um condicionamento prolongado, podendo auxiliar no crescimento.
Minha Opinião: O cheiro é o mesmo do shampoo praticamente; a consistência é cremosa um tanto fluida - o que me faz gastar um pouco mais de condicionador, é um shampoo dura dois meses e meio e o condicionador apenas 1 mês e pouquinho. - Porém esse é o MELHOR condicionador para cabelo cacheado que eu já usei, ele não é muito grosso, mas ainda assim consegue pesar o cabelo na medida certa, os cachos ficam sempre mais definidos quando o uso e ele dá uma maciez tremenda também. Aliás, condicionadores da Haskell são sempre muito bons já experimentei o de Moranga e o de Cupuaçu e gostei muito.

Ah, Pagay: R$18,75 em cada. Mas pode variar né.


Pois bem, é o meu combo favorito com certeza, achei super válido partilhar com vocês aqui porque vejo muito pouco sobre a marca, também vi muito pouco sobre essa linha. Outro ponto é que a Haskell demonstra certo interesse pelo uso de fórmulas menos abrasivas, buscando ingredientes mais naturais e com linhas livres das maiores crueldades com animais, até mesmo Linha Vegan, como essa de Mandioca e outras que você pode ver AQUI.

Espero que tenham curtido, ainda não sei muito bem como fazer resenhas de produtos, caso tenha ficado alguma dúvida por favor deixe nos comentários. Diga-me truques, pactos para o cabelo crescer bem - menos Monovin pfvr - hehe, sei que vocês são divinos!!!
Beijos cremosos.

by_dinha_puffy

sábado, 9 de agosto de 2014

Hallo vocês e sobre maquiagem que não testa em animais!

Quando eu fiquei sabendo, a fundo, sobre os testes em animais no mundo dos cosméticos me bateu uma angústia muito grande. Desde que comecei a ir acertando a mão na make que gosto bastante da arte, gosto de poder relembrar os velhos tempos em que ahazava com o pincel em uma tela de verdade e com tinta a óleo – mas há um dia em que voltarei a pintar as minhas telas :3 – e gosto muito dessa sensação.

Daí que veio a reflexão profunda, sobre o meu consumismo. Pude reparar que no quesito maquiagem não precisava ter tanta coisa, que a iniciativa de abandonar o uso de cosméticos que fossem testados em animais tenha vindo em uma boa hora. Uma hora de amadurecimento belíssimo.

Há muito que não acreditava em minha beleza pessoal, jamais vi que fosse provável que outras pessoas me achassem bonita, eu era boba, desse tipo de boba. Daí que algum tempo sozinha e com tempo de sobra para reflexões, bons filmes, boas séries e uma saudade tremenda dos amigos e da família me fizeram enxergar o que eu conseguia ignorar. Sou divina, sou muito mais do que jamais pensei que pudesse conquistar, não preciso criar um personagem, fisicamente falando, para que alguém repare em uma beleza construída e se encante por ela. Eu descobri que sou naturalmente bela.

Portanto não precisaria de tanto apetrecho no final das contas, que essa coisa de quantidade é besteira e que existem causas maiores que essas sim precisam de quantidade. Daí não direi que estou desistindo da maquiagem, jamais, apenas que aprendi que vou me ater a qualidade e minhas reais necessidades.
Montar um kit básico e o mais ecológicamente correto possível, tentarei, vou continuar nutrindo minha beleza com esse plus que é a maquiagem sem desperdícios e consumismo desenfreado.
E aí embaixo um registro da minha coleção atual de itens de maquiagem cruelty free/vegan(já encontrei alguns itens vegans, que me deixou radiante):

Espero que tenham me compreendido bem. 
Temo que devem ter notado meu hiato inexplicável, mas devo esclarecer que o Puffy Plaft Zoom é um blog da época de blog, aqui o “blogspot” provavelmente vai permanecer, as postagens são pessoais mesmo, a foto tende a ser preparada por mim e o desabafo, as impressões e a ajuda vem do mesmo lugar. As vezes vou me sentir cansada da internet, fico afastada, outras vezes estarei expandindo meus horizontes lendo ou aproveitando a presença dos meus amigos – que aconteceu dessa vez – estou morando na minha cidade natal, mais uma vez, me preparando para novas oportunidades e estou meio abandonada aqui, aproveitei as férias para rever todos os meus amores!

Beijos cremosos, um ótimo final de semana para todos.

P.S. Provavelmente vai sair um post sobre alguns dos produtos da foto, se tiver algum que alguém esteja interessada, deixe nos comentários pfvr. 


by_dinha_puffy.

sábado, 12 de julho de 2014

Receita Caseira #03 - Máscara Removedora de Cravos de Gelatina

HEY, a pedidos vim com a receitinha da máscara de gelatina :)

Você vai precisar de:
.Gelatina incolor
.Leite

Modo de Preparo:

Em uma panelinha/copo que possa ir ao fogo, coloque uma colher de sobremesa de gelatina e duas de leite(qualquer leite). Coloque no fogo só para aquecer um pouquinho, questão de 10/15 segundos e desligue. 
Faça teste de toque, caso esteja muito quente espere esfriar um pouco, mas não deixe endurecer por favor! 

Pegue um pincel ou aplique com a própria colher que usastes, no nariz, bochechas e onde os cravos estiverem mais sinistrões. Passe uma camada média, duas mãos. Uma camada muito fina se torna impossível de retirar e uma camada muito grossa não retira os cravos.

Deixe a máscara por 20min. Retire das bordas do rosto para dentro, pressionando regiões mais críticas como os cantos do nariz; Lembrando que vai doer, mas olhar para a máscara no final vai valer a pena.

Ele retira os cravos muito melhor do que outros produtos que já testei e ainda tem um custo muito baixo, uma pena que a gelatina é um produto de origem animal; prometo que quando usar todas as embalagens de gelatina incolor que estão em casa, porque acho que a coisa mais ridícula no mundo é desperdiçar coisas, eu comprarei agar-agar e farei o teste, espero que consiga um resultado bom, para substituir a gelatina incolor :3

Beijos Enormes, espero que tenham gostado da Receita. Qualquer dúvida é só deixar nos comentários!

by_dinha_puffy.

sábado, 28 de junho de 2014

Descubra as peças curinga do guarda roupa das suas Divas

Bem o post de hoje vem meio solto, mas que depois de ter lido a entrevista no Moda de Subculturas da vocal do Diva e do Scatha, e ter visto a preocupação da Angélica eu fiquei até meio triste por ela sabe, eu me sinto meio “boring” quando repito peça de roupa, mas é meio coisa passageira, ninguém tira fotos e me marca em eventos né, no caso de alguém famoso com toda a visibilidade vai se criando uma certa expectativa visual né? Imagina para uma vocalista de banda do meio do metal e afins, que existe uma adoração ao visual e tudo mais... Pensei e repensei sobre o assunto e tive um estalo, porque estou preparando algo demorado para o blog até que foi resultado disso. Busquei para vocês e em especial para deixar a Angélica mais aliviada divas do metal e do rock que repetem peças de roupa, acessórios, corsets, calças, blusinhas, enfim, VEM VER:

A Charlotte do Delain mostrando que um simples, porém muuito lindo, cinto com tachas e mais grosso pode ser usado com tudo, olha que eu já vi a moça usando esse cinto com tudo, cansei de pegar as fotos confesso, mas ta aí, cintos, invista naqueles mais versáteis!!!
A Amy do Evanescence com um truque bem arteiro trocou apenas a fita de amarração do corset e transformou o visual todo, deu um destaque e zaz, inteligente pois o corset é uma peça extraordinariamente xodó de todas né? (quem não ama?) então para esses modelos com amarração na frente fica a dica!

Ou até algo mais simplório como a Simone do Epica com essa blusinha com detalhes no busto que quando usada por debaixo de outras peças dão um charme todo glamouroso né? Quero copiar essa ideia, vou ver se consigo!!!

E aqui vejam como boleros podem mudar o visual de blusas ou corsets, é sempre bom ter um bolerinho para dar um up ou simplesmente esquentar um pouco né? E do outro lado essa calça bizarra com... essas aberturas discretas e enfim.. A Sisi parece adorá-la, usar com uma meia calça por baixo brincando com a transparência pareceu o melhor acerto nessa...
E o último apanhado da Sisi esse sutiã que não sei se é da Marlie Dekkers mas só sei que é quase o visual completo, imagine os looks sem o sutiã com todo esse detalhe do pescoço ao colo? perde a magya né? Então super curinga um sutiã desses. Aproveitei que duas peças se mesclaram, o sutiã e o corset branco, para mostrar que os corsets são os melhores acessórios de uma mulher, que outra peça deixa uma blusinha-inha com cara de peça hype? Não existe!!!

Hey Sharon acho que a nova mamãe pegou o seu sutiã hein? *rsrs* mas se você olhar bem as peças são diferentes, só que galera, olha como esse sutiã tira a monotonia do visual... Eu quero um agora mesmo, pense que você pode usar como a Sharon aqui, com uma blusinha furreca e uma jaquetinha jeans ou de courinho e ficar uma diva :3
E por favor pare de usar o corset de Stand My Ground e me dêeee!!! Sério pessoas, desde que eu vi o clipe pela primeira vez, quando era bem pequena e bestinha foi o meu primeiro corset sonho de consumo!!! Ele não precisa ser disfarçado com acessórios ou casacos, é um corset muito bem estruturado com design sensacional e que com a textura do tecido traz todo um glow especial aos looks né?

E o que dizer dos corset camuflados da Liv Kristine? Ela é a mestre... Demorei para notar essa marotagem viu? Mas vejam como ela faz uso de adornos e coisinhas aleatórias para dar uma mudada no corset... Algumas vezes ainda faz o uso de cintos mais finos por cima do próprio corset, da um visual sensacional, qualquer dia eu mesma tentarei isso. 

E aí, quem mais adorou esse post? Eu particularmente me diverti horrores e devo confessar, nunca tente encontrar peças repetitivas no figurino da Doro, você só vai conseguir dores de cabeça e muuuitas peças camufladas, ela é NINJA master... E quanto a Tarja Deusa...
Exatamente o que você está pensando, nos dá uma baita lição de moral, como não usar o amarelo e que amarelo pode ser uma escolha ruim, hahaha. Ai gente a Tarja é muito classuda, muito complicado ver ela repetindo roupa viu?

Queria deixar uma mensagem para todos com isso. Não se torne escravo da estética, não vamos sufocar nossos “ícones”, não cobre perfeição de um ser humano, o ser humano é perfeitamente imperfeito, portanto, como cobrar impecabilidade de alguém que não é perfeito?
Vamos a luta para compor um guarda roupa funcional!!!

Esse foi o post entusiasta da semana ou talvez do mês!!! Eu amo vocês e comentem e deixem as suas impressões sobre essa minha observação. Vamos dialogar

by_dinha_puffy.